Pular para o conteúdo principal

Destaques

O terror como punchline humorística em Get Out

O cinema tem como principal função apenas entreter, assim como qualquer outra forma de arte. Você pode dar "n" motivos para uma obra ser boa, mas se ela não entretêm, ela não serve para nada. Tendo isso em mente, eu sinto falta de um cinema um pouco mais descompromissado; eu sinto falta de contos e crônicas sinceras, coisas que só vemos em produções independentes que em sua maioria se quer chegam por essas bandas. Portanto, ver um filme como Corra fazendo sucesso tanto entre o público de nicho e o público geral, acabando por ser exibido com certa relevância, chega a emocionar. Não que isso automaticamente torne o longa bom, mas é que a sua proposta é tão simples e ao mesmo tempo tão cheia de nuances e propósitos, que é difícil não torcer para que dê certo. Corra deu certo e não só isso, é um respiro no gênero tanto de terror quanto de comédia. Ele não é inovador, mas a sua exótica combinação de gêneros culmina em uma história bem executada, sem a necessidade de ser megaloma…

Eu sei o que vocês fizeram no Scream passado

E voltamos para mais uma temporada em Lakewood, onde tem um novo assassino assombrando os sobreviventes

Emma, Noah, Jake, Audrey, Brooke e Kieran agora são chamados de “os seis de Lakewood”, pois foram os únicos que sobreviveram ao massacre de Piper. Por falar nela, no final do último episódio da primeira temporada é revelado que a Audrey trocava correspondências com a assassina, o que levou todos a crer que a nossa bicuriosa era a ajudante da jornalista (uma estagiária talvez? Kkk). Mas será mesmo?

Depois de matar muitos personagens na primeira etapa, é claro que o show teria que adicionar mais uns rostos para viver na cidade: Gustavo ‘’Stavo’’ Acosta é filho do novo xerife Michael Acosta. Os dois mudaram-se para a cidade quando o Acosta pai é chamado para tomar o lugar do querido ex-xerife Clark; Zoe Vaughn é uma colega de classe dos personagens principais, nerd e atraente que consegue capturar o coração de Noah; Prof. Lang é uma professora de psicologia, obcecada pelos seis sobreviventes; Eli e Tina Hudson, primo e tia de Kieran, que vieram para ficar com a guarda e a casa do personagem após a morte de seu pai.
Como uma homenagem ao filme de 1997, eu sei o que vocês fizeram no verão passado, a segunda temporada retorna com uma ameaça à Audrey. O assassino sabe que ela conversava com a Piper e irá brincar um pouco com a garota. Com o passar dos episódios, vemos que o objetivo final do serial killer é ferrar com a amizade de Audrey e Emma, e é claro, colocar tudo às claras.

AVISO: leia até aqui se você não quiser receber spoilers

Vagas para assassino e estagiário

Descobrimos que a bicuriosa apenas trocava correspondências e não matou ninguém. Então é bem provável que o assassino dessa temporada, seja o mesmo ajudante da Piper. Isso reduz a uma lista minúscula de dois personagens...

Kieran Hudson

Isso mesmo. O dono do coração da Emma é o mais forte concorrente para a vaga de estagiário de Shaw e também para ocupar o seu cargo integral de serial killer. Desde a primeira temporada eu venho desconfiando dele, pois, além de ter chegado na cidade na mesma época que Piper, ele não mudou suas características após a morte do pai (quem diabos perde o pai e não muda o jeito de ser?) e sempre dava uma desculpa quando ocorria um assassinato e ele estava longe. O objetivo do assassino, além de separar a Emma e a Audrey, é também tirar o dele da reta e incriminá-las. E com a falsa ilusão de estar ajudando o xerife Acosta, Kieran só conta algumas coisas convenientes para ele (o assassino), quando em outras, influencia a Emma a ir contra lei. Ou o cara é o assassino ou ele não tem coração mesmo!

Eli Hudson 


“Mas pera, o Eli não estava na primeira temporada!”. Sinto dizer, mas ele estava no enterro do personagem Will que ocorreu no 7 episódio. Um tanto quanto estranho, Eli tem um modo de agir suspeito. Peculiar e com o temperamento pendendo para a raiva, os seus objetivos são obscuros, mas está bem na cara que ele tem uma rivalidade com seu primo e também uma obsessão por Emma. Mesmo sendo forte candidato à vaga, acredito que ele está em Lakewood por outros motivos e pode ser o cara que vai desmascarar Kieran de uma vez por todas.

Sem contar que as cartas de Audrey que o assassino utilizava para chantagear a garota, foi achada (ou plantada?) pelo Kieran debaixo da cama do Eli. E só os dois sabiam sobre os documentos que incriminavam o prefeito, então apenas um deles poderia mandar o Maddox para a fazenda dos porcos e consequentemente para a morte. Sabemos também que um assassino nunca trabalha sozinho, pois ele precisa de álibis quando alguma morte ocorre. E a lista de estagiários também está reduzida em duas pessoas:

Stavo Acosta

Pensei que não existiria alguém mais estranho que o Eli, mas o Gustavo está aí para mostrar o contrário. Chega a ser bizarro o modo que ele age nos primeiros episódios e com todos os desenhos que ele faz de mortes, acaba ficando suspeito ao olhar de todos. Bom, algumas coisas podem incriminar ele, tirando os desenhos, como a máscara de James achada em seu quarto, a sua presença na festa do orfanato (Quando o Kieran estava longe e o estagiário matou a Hayley) e também com o sumiço dele no último episódio, justo quando o prefeito morreu.

Prof. Lang

“Como assim?! Ela quase morreu no sétimo episódio, não poderia ser ela”, simplesmente queima de arquivo. Kristin conviveu com a Piper no orfanato e também tem interesse na vida de Emma e dos amigos. No episódio 5 ela tranca Emma em uma sala sozinha e logo após aparece o assassino, podendo ser ela ou o Kieran que poderia ter escapado sem ninguém ver pela saída de emergência da biblioteca onde todos estavam. Lang poderia ser um problema para o assassino e uma estagiária duvidosa, assim o serial revirou a sala dela procurando algo que pudesse o incriminar, e logo após tentou matá-la. No episódio 9, quando a Emma e o Kieran vão visitá-la no hospital, ela abre os olhos e entra em pânico, possivelmente identificando-o como assassino. As daisys que ela recebeu, poderia ser um lembrete para ficar de boca calada, o que explicaria o porquê que ela não delatou nada para o Acosta.

O fim de mais uma temporada se aproxima e as especulações estão a todo vapor. Mesmo com um enredo ótimo e uma audiência boa fora dos EUA, a série pode ser cancelada por conta da baixa audiência entre os americanos. Porém, se existir uma terceira temporada, acho bem provável que a mãe da Brooke apareça e que os quadrinhos de Stavo vire um best-seller. Agora é torcer e esperar para ver se teremos continuidade e mais um assassino a solta no novo ano.

Comentários

Postagens mais visitadas