Pular para o conteúdo principal

Destaques

O terror como punchline humorística em Get Out

O cinema tem como principal função apenas entreter, assim como qualquer outra forma de arte. Você pode dar "n" motivos para uma obra ser boa, mas se ela não entretêm, ela não serve para nada. Tendo isso em mente, eu sinto falta de um cinema um pouco mais descompromissado; eu sinto falta de contos e crônicas sinceras, coisas que só vemos em produções independentes que em sua maioria se quer chegam por essas bandas. Portanto, ver um filme como Corra fazendo sucesso tanto entre o público de nicho e o público geral, acabando por ser exibido com certa relevância, chega a emocionar. Não que isso automaticamente torne o longa bom, mas é que a sua proposta é tão simples e ao mesmo tempo tão cheia de nuances e propósitos, que é difícil não torcer para que dê certo. Corra deu certo e não só isso, é um respiro no gênero tanto de terror quanto de comédia. Ele não é inovador, mas a sua exótica combinação de gêneros culmina em uma história bem executada, sem a necessidade de ser megaloma…

(Mini-Post) As Aventuras de Peabody & Sherman


As Aventuras de Peabody & Sherman foi um desenho antigo, que passava entre os episódios de Alceu e Dentinho. Quem via os mini episódios naquela época, pode se surpreender e ao mesmo tempo relembrar o quão bom este desenho é.
O filme funciona mais como um grande episódio do que um longa mesmo. O que pode ser uma qualidade, já que deixa o telespectador com um gostinho de quero mais.
Na trama, Peabody é um cachorro diferente do comum: ele é inteligente, e não só isso - um gênio. Sendo assim, ele acaba encontrando um garoto órfão e passa a criá-lo como seu filho.
Sherman é um menino ingênuo, mas cheio de vontade de aprender. A grande atividade de pai e filho é nada menos que usar a maior invenção de Peabody: uma máquina do tempo. Nela, Sherman aprende de perto diversas coisas (além de, claro,  história). Imagina, querer entender um pouco sobre física e poder encontrar Albert Einstein ou estudar engenharia com Leonardo Da Vinci?
Porém, o mais incrível em tudo, é a coesão histórica do filme. A animação mostra como realmente aconteceram determinados fatos históricos, sem deixar de lado o ótimo humor, junto das ótimas piadas, que funcionam entre os adultos e crianças, e algumas até mesmo apenas com os adultos.
Qualquer desenho que ensine maestralmente de forma coesa, satírica e inteligente, para - olhem bem - crianças, o que foi a Revolução Francesa, merece o meu respeito. Se eu tivesse 10 anos, este provavelmente seria o melhor filme da minha vida. Sem contar a temática de viagem no tempo, lembrando um Doctor Who Kids: Sherman é o acompanhante de Peabody, o cachorro inteligente que sempre arruma um jeito de sair ileso das grandes confusões.
A animação está ótima, junto do roteiro. Enxuto, com começo, meio e fim, e cheio de easter eggs históricos. Um filme digno de fazer disputa com Uma Família do Futuro (só não chega a ganhar por não ter o tom  adulto e dramático do outro).
Peabody&Sherman mostra que a animação atual não está perdida. É uma aventura descontraída, bem construída, divertida, que cumpre o que promete e faz mais - surpreende em sua simplicidade, com sacadas geniais. Em meio à Pixar perdida e tantos desenhos estereotipados, o filme parece uma luz no fim do túnel. A lembrança de uma época frutífera, em que Toy Story surpreendia a todos. Não que o longa seja tudo isso - mas consegue trazer um bom gosto e quase chega lá.
O que talvez é esquecido, sejam as relações entre as personagens, que soam vazias. O que salva é o desenvolvimento entre pai e filho, que funciona muito bem. Porém, em seu fim, um pouco de si é perdido. Mas nada que prejudique de forma significante o filme.
A Dreamworks finalmente consegue acertar e deslancha uma possível franquia - espero ansioso uma continuação, desde que não se perca, como o nosso tão querido ogro verde raivoso.
Recomendo fortemente para você, pai/mãe, assistir com seu filho, filha, wathever; ou até mesmo sozinho.
Aqui a Viagem no Tempo não é uma saída para os problemas. Muito pelo contrário - ela é a causa deles - assim como numa tão famosa série.
Realmente, me senti uma criança. Uma carta de esperança de que nem tudo nesta geração, pelo menos para os pequenos, está perdido.

El Psy Congroo.
Mr-Peabody-and-Sherman 3Mr-Peabody-Sherman 1Mr-Peabody-Sherman-Mr-Peabody-Sherman 2
peabody-sherman-d
Trailer:

Comentários

Postagens mais visitadas