Pular para o conteúdo principal

Destaques

Steven Universo: reflexões sobre o papel educacional de um desenho

Vivemos em um mundo de conflito, onde olhamos primeiro as diferenças e depois as semelhanças. Por essas e outras eu fico feliz de ter assistido quando criança desenhos que falavam sobre alguém excluído por ser diferente. E por causa disso acredito que Steven Universo, entre outros desenhos atuais, são mais do que recomendáveis para crianças e para qualquer um, pois eles possuem uma mensagem que pode potencialmente melhorar o caráter de alguém.

[Analisando Animes]Noucome, The zuera Never Ends

Steve Jobs escolheu criar o smartphone!

Ore no Nounai Sentakushi ga, Gakuen Love Comedy wo Zenryoku de Jama Shiteiru ou pra abreviar Noucome, é uma história sobre Kanade Amakusa, um típico jovem japonês que sofre uma maldição baseada em uma visual novel: aleatoriamente em seu dia a dia uma voz divina aparece em sua mente e lhe apresenta escolhas na forma de janelas de visual novel. Se Amakusa recusar, sua cabeça começa a doer até que alguma opção seja escolhida.

As escolhas são extremamente absurdas, a primeira é ruim e a segunda é horrível, por exemplo:
Opção 1: Diga, "Posso ver sua calcinha?",
Opção 2: Você irá se tornar uma calcinha.


Noucome é um típico anime em que o protagonista tem o seu hárem e vive situações clichê, porém ele não é um ecchi qualquer totalmente desprovido de qualidades. O maior diferencial neste anime é a sua comédia, ela é tão exagerada e maluca que me faz não ligar para o fanservice, pois eu estou ocupado demais rindo.
Não teve um episódio que eu não ri alto, todos eles são ridículos e ferram com Amakusa de uma nova maneira, além do que diferente de um harém normal, onde o protagonista acaba assediando as meninas, aqui elas que assediam ele, na verdade todo mundo assedia ele, até velhas e homens, sim! Homens!


Noucome é totalmente sem sentido e adora quebrar a quarta parede ao fazer piadas sobre animes harém, yaoi e os clichês mais comuns.
As escolhas que Amakusa nomeia como escolhas absolutas, não tem um objetivo a não ser transformar o próprio Amakusa em uma piada. Tem vezes que a voz na sua cabeça que anuncia as escolhas as faz rindo, elas sempre aparecem de acordo com a situação ou com os pensamentos do amaldiçoado. Por exemplo:

Amakusa está andando na rua e repara em uma mulher muito bonita e pensa "gostosa", na hora a voz aparece e lhe diz:

Opção 1: Grite para ela imitando um yakuza "VOCÊ É GOSTOSINHA HEIM".
Opção 2: Torne-se uma gostosa para o resto da sua vida.

Amakusa em sua quest por calcinhas.

Em um dia qualquer a solução para os seus problemas aparece: Deus entra em contato com ele e a cada vez que liga, sua influência divina faz o celular vibrar tanto no bolso que faz o quadril de Amakusa se mexer como se ele dançasse créu na velocidade 7. Deus diz que periodicamente missões lhe serão enviadas pelo celular e que as cumprindo eventualmente as escolhas absolutas irão desaparecer.

Noucome é uma visual novel em forma de anime que reconhece que é na verdade uma paródia de visual novel e por isso mesmo transforma a si em uma gigantesca piada a fim de trazer o personagem, que não é um protagonista de visual novel, a se transformar forçadamente em um. As escolhas o forçam a se relacionar com várias garotas, formando a base para o seu harém e as missões o forçam a interagir com elas. Em outras circunstâncias esse enredo seria um lixo total, mas aqui ele é interessante justamente pelo fato de ser tratado como uma grande bobagem.


O anime não exagera tanto assim no apelo pornográfico. Ele está sim presente em muitas situações, mas não chega nem perto de ser um To-Love Ru da vida.
Não conhece to-love ru? Vish.

Quando acontece alguma coisa pornográfica em Noucome, a razão geralmente são as missões ou as escolhas, ou seja, essas situações sempre acontecem da forma mais bizarra possível, as taras de japonês são algumas das melhores piadas.

Assim como todo o enredo, os personagens também são piadas. Todos possuem uma personalidade extremamente anormal e essa é a única razão deles se relacionarem com Amakusa, que é conhecido pelas façanhas estranhas que é obrigado a fazer graças as escolhas. Amakusa é um típico cabaço, existem várias mulheres em cima dele que o admiram por ser uma pessoa gentil. O garoto não percebe e não quer ficar com nenhuma, o fator cômico é aquilo que o separa dos outros cabaços japoneses, porque o protagonista é extremamente engraçado e seu dublador fez um ótimo trabalho, pois Amakusa precisa se tornar outra pessoa toda hora graças as escolhas: é como se em Amakusa fossem reunidos forçadamente quase todos os estereótipos de personagem masculino de anime. E não é só a dublagem do protagonista que é boa, os dubladores japoneses aparentemente são mestres da flexão vocal. A personalidade das garotas é um caos e a maioria tem algum tipo de dere dere. A própria Tsundere do anime em sua forma habitual é extremamente sarcástica, vive fazendo piadas indecentes com uma voz fria e de uma hora para a outra muda totalmente para uma personagem de estilo fofinho e bobinho.

Dançar pelo corredor, eu fazia sempre no colegial.

Melhor especificar mais um pouco, quando digo que a personalidade das mulheres é um caos eu quero dizer que todo mundo nesse anime quando acorda fuma dez quilos de maconha antes de sair de casa. Fora Furano Yukihira (a tsundere do sarcasmo), a outra personagem que mais se destaca é Yuragi. Ela é uma menina pequena que quer ser a irmã mais nova de todo mundo ou "imouto", outro estereótipo gigante no Japão(Saca só). Ela é o oposto de Yukihira, se caracterizando muitas vezes como yandere e devo dizer o quanto ela é doente e me fez rir. Usando de sua personalidade aparentemente inocente, ela conquista uma legião de seguidores e leva todos eles a ruína, não sou eu quem estou dizendo isso, essas são palavras do Amakusa (AHAHAHAHAHA).


A animação é mediana, existem animes de comédia muito bonitos como DenpaOnna ou os da Kyoto Animation, porém o importante da comédia é o riso e não ter uma animação tão boa quanto os outros dois, ajuda a diminuir o impacto das cenas pornográficas que já são, em sua maioria, leves.

Noucome é um grande exemplo de que uma base ruim, que é a tendência às perversões nos animes, pode se tornar uma animação muito proveitosa se feita de modo que o foco não seja tetas balançando e tombos agradáveis(To Love-Ru, to falando de tu). Geralmente quando recomendo algo, eu falo de alguma característica que a pessoa precisa ter para gostar, com esse treco vou fazer diferente, você quer rir? Então assista Noucome.


Episódios: 10
Estúdio: Studio Jack
Ano:2013
Nota:  ★ ★ ★ ★ ★ (80/100)

Comentários

Postagens mais visitadas